MUDANÇAS DO CORPO FEMININO AO LONGO DA HISTÓRIA(DE ACORDO COM ESTE VÍDEO)

Mudanças do corpo feminino ao longo da história (de acordo com este vídeo)

Último vídeo viral sobre o conceito de “beleza real” repassa, com modelos, a evolução dos padrões do Egito até hoje

BuzzFeed, a grande publicação especializada em conteúdo viral, criou o último sucesso na Internet sobre o discutidíssimo conceito da “beleza real”. No dia 26 de janeiro, publicou em sua conta do YouTube um vídeo de pouco mais de três minutos, de produção própria, que pretende mostrar a evolução dos tipos de corpo ideal ao longo da história, desde o ano 1292 A.C., até a atualidade. Conseguiu mais de 10 milhões de reproduções em cinco dias, somados aos outros seis milhões conseguidos no Facebook.
No vídeo, onze modelos, todas elas belíssimas para os cânones atuais, posam ao ritmo de uma canção contagiante, perfeitamente maquiadas e penteadas, vestindo somente um maiô branco que ressalta o propósito do vídeo: ensinar como o peso, largura dos quadris ou tónus muscular sempre foram conceitos variáveis.
As épocas e padrões do vídeo, que são desenvolvidos em um artigo dentro do BuzzFeed, são os seguintes:
Antigo Egito: Magreza, ombros estreitos, cintura alta, rosto simétrico
Grécia Clássica: Corpo cheio, pele clara
Dinastia Han: Cintura estreita, pele clara, olhos grandes, pés pequenos
Renascimento Italiano: Seios fartos, barriga curva, quadris cheios, pele clara
Inglaterra Vitoriana: Corpo cheio, cintura fina
Loucos anos 20: Peito plano, cintura indefinida, corte de cabelo Chanel, figura masculina
Idade de Ouro de Hollywood: Voluptuosa, silhueta de ampulheta, seios grandes, cintura fina
Anos 60: Magra, pernas longas e finas, físico adolescente
Época das supermodelos: Atlética, corpo esbelto mas com curvas, alta, braços torneados
“Heroin chic”: Extremamente magra, pele translúcida, andrógina
Beleza pós-moderna: barriga chapada, pele saudável, seios e nádegas grandes, “thigh gap (espaço que se forma entre as coxas)”
Há vários anos é normal que vídeos, textos ou fotografias que questionam os cânones de beleza atuais fiquem populares na Internet. A criação do BuzzFeed lembra muito o “100 anos de beleza em um minuto”, um vídeo que desde seu lançamento, em novembro, conseguiu mais de 19 milhões de reproduções e que recentemente teve um remake menos bem sucedido dedicado à beleza negra.

Fonte:http://brasil.elpais.com/brasil/2015/01/31/estilo/1422722953_709436.html

Postagens mais visitadas deste blog

COMO SER UMA MULHER SEDUTORA

BEIJO NA BOCA É MAIS ÍNTIMO DO QUE SEXO